Renovaract transforma entidade e conscientiza crianças no interior de São Paulo

O mundo passa por mudanças constantes, por vezes bruscas, por vezes silenciosas. Seja no ar, no mar ou em terra, a diferença é visível, em questão de anos ou meses. Com essa preocupação e outros fatores que devem ser mudados no comportamento humano, a Organização das Nações Unidas, listou em 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, ações para serem postas em prática nos cinco continentes. O Rotaract abraçou a causa para fazer do ambiente onde vivemos um lugar melhor. Com atitudes pequenas e percepções simples, os clubes podem procurar recursos e ajudar alguma comunidade ou instituição. No interior de São Paulo, o Rotaract Club de Limeira, no Distrito 4590, criou o Renovaract uma forma de ajudar quem precisa e conscientizar sobre a preservação do meio ambiente.

Depois de algumas ações com entrega de alimentos não perecíveis em um lar que abriga cerca de 21 jovens, entre 0 à 19 anos, na pequena cidade de Limeira/SP, os voluntários do Rotaract Club da cidade tiveram uma ideia. Ao observarem o local, perceberam a pouca estrutura do parquinho que seria um espaço de lazer para os abrigados. “Foi então que pensamos, porque não mudar o visual do local de lazer já que muitos utilizam a área. A área foi maltratada pelo tempo. Pintura velha com cores escuras e playground totalmente destruído”, destaca a Diretora de Imagem Pública do clube de Limeira, Iully Ganun.

Assim foi dada a largada no projeto Renovaract, com a coordenação da companheira Ângela Souza. A iniciativa trata-se da reforma do espaço na instituição Nosso Lar, onde muros e quiosque foram reformados com a mão de obra dos companheiros. O clube trabalhou em planejamento de brinquedos recicláveis, realizados em atividades recreativa e educacionais com as crianças, oficinas de artes plásticas com um voluntário e para os adolescentes, oficina de pintura.

O impacto foi muito positivo para a instituição, mas também para os companheiros. “Ficamos bem emotivos no início, por saber de parte das histórias vivenciadas pelos menores. Saber que existe a família (pai e mãe/ avós), mas que não podem ir para casa, pois podem ser violentados ou usados no tráfico”, conta Iully.

Com tantas atividades divertidas, entretendo as crianças do local, tornou-se um grande projeto inspiração para toda a comunidade e o projeto ganhou duas etapas. Na segunda, ocorreu a continuação da pintura do espaço com tintas ecologicamente corretas. O clube interagiu e contou com o apoio dos adolescentes na pintura dos muros. Já as crianças, levaram fitas, jornais e ajudaram a mexer a tinta. “Tentamos fazer um trabalho de recuperação de estima, de mostrar a eles que o mundo não é tão cruel”, relembra Ganun.

O meio ambiente esteve em destaque do início ao fim do projeto. Ocorreram oficinas para as crianças aprenderem a fazer brinquedos com materiais recicláveis, além de recuperação do jardim, tintas recicláveis e conscientização sobre preservação. Esse projeto atende a, pelo menos, três dos 17 ODS orientadas pela ONU.

Ficou curioso para saber mais? Acesse o link abaixo e quem sabe não serve de inspiração para aquele projeto já mencionado em reunião?

Saiba mais aqui!

Conteúdo Produzido por Alice Chaves – Gerência de Jornalismo da Rotaract Brasil

O Projeto Renovaract faz parte da Vitrine de Projetos da Rotaract Brasil. 

Quer participar, saiba mais no link: http://goo.gl/asbH05

Comentários no Facebook