Jogo “Detetives Mirins”

Jogo que consiste de dois tabuleiros, roleta e peças variadas, que representam bizarrices, adquiridas pelo cometimento de pequenas corrupções dos personagens e jogadores. Há também uma cartilha para o Orientador/Professor, que contém perguntas e respostas sobre o tema principal, tais como as regras do jogo. Cada acerto dá direito ao time, formado de 4 crianças, a retirar uma bizarrice de seu personagem e transferir para o outro personagem, do outro time. A fim de proporcionar oportunidades de todos responderem, a cada jogador é atribuído um número, para que ao girar da roleta, o jogador seja indicado ao acaso. São dois times, totalizando 8 crianças. O time que conseguir remover todas as bizarrices, vence e o Orientador escolherá como proceder com a condecoração do time vencedor, tornando-os Super Detetives da Paz.

Os Super Detetives da Paz, terão direito a aplicar “multas morais” que implicarão em penas, previamente estabelecidas no talonário, relativas à infração cometida. Todas essas penas devem ser apresentadas e explicadas junto aos pais, por conta da Instituição de Ensino, para que não se crie outro problema: a impunidade.

O personagem, inspirado em dois seriados infantis e um jogo popular entre crianças, é o agente inspirador para que todas as crianças ajam dentro do ideário de incorruptíveis e disseminadores de uma sociedade atenta a todos os tipos de corrupção. Seu conceito é simples: um pombo estilizado com um chapéu de investigador, uma lupa e óculos, dentro de um escudo que lembra um distintivo policial. A justificativa principal é que crianças sempre estão em busca de super-heróis e que, também para crianças, a força policial, seja ela sob qualquer comando ou regime, representa a preservação da paz. A paz, também é direcionada a ser o antônimo simples de corrupção, pois todas as corrupções levam à desordem, caos e conflitos, em maior ou menor escala, perceptíveis à primeira vista ou não.

Marina Fabro

Diretora Executiva da Libelle Marketing e Comunicação e Agente Autorizada de Publicidade da RBS TV, graduada em Marketing pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus Erechim e com MBA em Gestão de Pessoas pela Faculdade IDEAU. Voluntária há mais de 5 anos e é associada do Rotaract Club Erechim Paiol Grande, na cidade de Erechim/RS. Além disso, é a atual Diretora de Imagem Pública e membro da equipe do Concurso Nacional de Projetos da Rotaract Brasil.

Comentários no Facebook