O Privilégio de Viver a Intensidade

Quem teve o privilégio de ter sido interactiano sabe a intensidade que é levar esse clube no coração.

E se pudéssemos resumir o Interact em poucas palavras – o que não é, que fique claro – talvez elas seriam: INTENSIDADE E CORAÇÃO.

Por isso que, quando questionamos o nosso presidente Samuel Neivel sobre a sua experiência na 19ª Conferência Multidistrital de Interact Clubs que aconteceu em Minas Gerais, agora no final de julho, reunindo cerca de 300 participantes, ele compartilhou conosco que se sentiu re-a-li-za-do.

E essa realização, segundo ele, é devido a qualidade do evento que vivenciou, aos discursos inspiradores que ouviu durante o concurso de oratória e aos projetos excepcionais que conheceu no concurso de projetos.

Questionamos o companheiro interactiano Lucas Zini Ribeiro, Presidente da 19ª COMIC, sobre o que esse evento representou para ele e para o Interact, tendo ele respondido: “O alto nível dos concursos e o profissionalismo dos participantes mostraram que incentivar um celeiro de líderes transformadores como o Interact é, além de importante, uma demonstração de apoio e crença num futuro melhor e mais justo para o nosso país.”

Ao Interact, dedicamos o nosso total respeito e admiração. Esse é o sentimento comum entre todos nós, mas talvez a percepção que ainda tenhamos que trabalhar é a de que, nas palavras do nosso presidente Samuel: “O Rotaract tem muito o que aprender com o Interact!”.

Sejamos sinceros: muitas vezes, por sermos mais velhos, nos colocamos numa posição de superioridade… Posição essa que, inclusive, criticamos em relação ao Rotary.

Como bem colocou o nosso presidente: “[…]  DEVEMOS ter um trabalho extremamente ligado ao Interact. Rotaract e Interact não podem andar separados, precisam estar juntos e a transição do Interact para o Rotaract ser algo tranquilo, que muitas vezes não é.”

O que nos cabe ao momento então é exercemos a humildade e nos colocarmos como aprendizes de fato, de verdade e de coração, para que possamos vivenciar toda essa intensidade que o Interact proporciona ao mundo.

Que possamos ter essa consciência do trabalho conjunto que, muito mais do que necessário, é prazeroso!

“Divertindo-se seriamente”: esse é o ideal!

Conteúdo Produzido por Gabriela Lamb | Redatora da Rotaract Brasil

Comentários no Facebook