#BrasilSemPolio

No Brasil, o mês de agosto foi marcado pelo início da campanha de vacinação contra a poliomielite e sarampo. A campanha nacional que iniciou no dia 6 de agosto e tem previsão de encerramento na próxima sexta-feira (14), tem como objetivo vacinar todas as crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos, independentemente de sua situação vacinal.

De acordo com o último levantamento do Ministério da Saúde, mais de dez milhões (10,2) de crianças de um a cinco anos no país receberam o reforço de vacinação e estão protegidas contra a pólio e sarampo. Conforme o sistema, 91,3% do público-alvo da campanha recebeu as duas vacinas.

Somando a campanha, a Família Rotária atuou intensamente levando informações à comunidade e alertando as famílias sobre a importância em vacinar seus filhos contra a poliomielite e sarampo. Clubes de Rotary, Rotaract e Interact foram às ruas, acompanhados do Zé Gotinha, e realizaram suas ações.

Diante de diversos projetos desenvolvidos pela Família Rotária, a Vitrine de Projetos, divulga o #Brasilsempolio, do Distrito 4310, que “viralizou” nas redes sociais mostrando fotos de rotaractianos segurando a sua carteira de vacinação atualizada e desafiando outros companheiros a fazerem o mesmo.

A ideia do projeto surgiu após a divulgação de notícias nos meios de comunicação, sobre a possível volta de doenças até então consideradas erradicadas no país, como a poliomielite e o sarampo. Diante da falta de conscientização e da crescente corrente de campanhas antivacinação, o Rotaract Club de Agudos notou a necessidade de alertar a população sobre a importância das vacinas no bloqueio dessas doenças, visto que o projeto de maior impacto do Rotary é a campanha End Polio Now.

Segundo a presidente do Rotaract Club de Agudos, ano rotário 2018-19, Jéssica Tavares Machado, foi um projeto simples e muito gratificante de se realizar. “Começou com a sugestão de uma associada, que foi aprimorada em discussão com o clube, e que utilizando da grande ferramenta que são as redes sociais, acabou tomando uma proporção muito bacana, com pessoas de vários Estados do país aderindo”, destaca ela.

A campanha #Brasilsempolio consistiu em realizar uma corrente por meio das redes sociais (Facebook e Instagram). O projeto iniciou no dia 11 de julho com uma postagem explicativa na página do clube. Posteriormente, uma companheira de Agudos postou sua foto com a carteirinha de vacinação, juntamente com o texto elucidativo da campanha. Ao final do post, ela desafiou três companheiros (familiares, amigos ou membros da família rotária) a fazerem o mesmo, e a corrente se formou desta forma, a cada nova foto, mais pessoas desafiadas. “Tudo que precisamos fazer foi criar um texto explicativo de conscientização da importância da vacinação, postar nossas fotos comprovando que fomos vacinados, e desafiar pessoas para que fizessem o mesmo. A partir daí o projeto foi crescendo por si só”, salienta.

Com isso, as postagens viralizaram com a hashtag #Brasilsempolio, como uma ferramenta, e de forma a facilitar a mensuração do alcance do projeto. De acordo com o clube, cerca de 16 cidades participaram da campanha, sendo: Agudos, Rio das Pedras, São Manuel, Lençóis Paulista, Piracicaba, Indaiatuba, Tupã, Garça, Cabreúva e Americana no estado de São Paulo; Palmeira das Missões, Santo Ângelo e Cerro Largo, no Rio Grande do Sul; Iturama e Araxá em Minas Gerais; e Paranaguá do Paraná.

“O clube ficou extremamente surpreso e feliz com a proporção do projeto. De início, a ideia era que somente os associados postassem, porém, resolvemos aderir ao movimento de desafios e correntes das redes sociais, desafiando companheiros da família rotária, amigos e familiares, o que acabou dando muito certo, levando a ideia para diversos lugares do país. Vimos clubes que adaptaram o projeto e reproduziram de outras formas, o que nos deixou muito contentes de ver que a ideia se espalhou e foi aprimorada”, comemora a rotaractiana Jéssica.

Projetos inspiradores são os que fazem a diferença na nossa cidade, estado e país. De uma ideia simples e sem custos, o Rotaract Club de Agudos, do Distrito 4310, conseguiu um alcance em pelo menos quatro estados, e ajudou no combate a prevenção a Poliomielite no nosso País.

Quer conhecer mais sobre o projeto? Acesse: https://www.facebook.com/rotaract.agudos/ 

Conteúdo Produzido por Luan Berti | Redator da Rotaract Brasil

O Projeto #BrasilSemPolio faz parte da Vitrine de Projetos da Rotaract Brasil. 

Quer participar, saiba mais no link: http://goo.gl/asbH05

Comentários no Facebook