Fomos Treinados para Conhecer e Amar

Partimos para Fortaleza rumo a uma experiência singular e privilegiada. Fomos em busca de conhecimento, de ferramentas para colocarmos na nossa maleta de trabalho do ano rotário 2019-20 que ainda estávamos montando.

Já no início do Seminário de Treinamento para Representantes Distritais de Rotaract Club do Brasil, aprendemos a desmontar essa maleta, a desconstruir qualquer expectativa ou conhecimento prévio para uma completa entrega àquela oportunidade.

Entre os dias 29 de agosto e 02 de setembro, estivemos presentes em todos os momentos do Seminário de Treinamento. Estávamos lá de corpo e alma, entregues totalmente. Pausamos as nossas vidas e mergulhamos dentro de nós mesmos para nos conectarmos com a nossa essência de rotaractiano. A partir daí nos abrimos para uma conexão muito maior.

Nosso presidente da Rotaract Brasil, Samuel, a presidente eleita, Luma, e a companheira Lara, secretária, conduziram treinamentos que nos proporcionaram vislumbrar o nosso papel enquanto representantes distritais e tudo o que isso implicará: planejamento, metas, capacitação e conhecimento sobre o programa e sobre a Família Rotária. Além também de palestras com grandes líderes, como Paulo Zanardi, Diretor de RI e Diretor convocador, Antônio Hallage, diretor de RI 2009-11, Paulo Eduardo, coordenador, José Luiz Toro, entre outros.

Deles, transbordava a gratidão pela presença de todos nós ali. Nos mostraram o privilégio da conquista de realizar o primeiro treinamento que reuniu todos os distritos do Brasil e por ele ter sido organizado em parceria com o Rotary.

Compreendemos a importância daquele momento, um verdadeiro marco na nossa história enquanto Rotaract, pois agora somos “vistos de verdade”. Nosso trabalho está sendo valorizado pelo Rotary e isso é uma conquista gigantesca, além de merecida. Percebemos a importância do treinamento nesse sentido, pois se inicia uma nova era. Evidentemente que muitos passos ainda precisam e serão dados, mas tudo ao seu tempo.

E qual foi ponto alto do treinamento? A opinião é unânime: as rodas de debates! Foram nesses debates que tivemos a certeza de que estávamos cercados por pessoas especiais que passamos a admirar. Além disso, conhecemos as realidades vividas ao longo do nosso Brasil. Conhecemos novas soluções para os mesmos problemas que até então achávamos que eram únicos.

Mas foram nos intervalos, nas idas e vindas, correrias entre aeroporto, hotel, treinamento e Instituto e nos pequenos momentos que construímos uma conexão verdadeira, possibilitando que cada um de nós levasse para casa um pedacinho dos outros 31 representantes distritais, guardando-os dentro do coração e nas melhores lembranças.

Descobrimos que somos 32 corações pulsantes, 32 almas que vibram numa mesma sintonia, 32 laços que foram estreitados numa das experiências mais intensas que já vivemos. Somos 32 rotaractianos que batem no peito para dizer: “aqui é Rotaract!”

Orgulhosos? Com certeza! E como não seríamos? Temos a honra de representar nossos distritos, de representar a nossa gente e o nosso jeito de fazer Rotaract! Eu, Gabriela Lamb, mais ainda, que estou tendo a oportunidade de em palavras, transmitir todo o amor e aprendizado que obtivemos neste Seminário.

Saímos mais confiantes e seguros para a missão que nos espera, pois sabemos que, apesar de não termos todas as ferramentas – e talvez nunca tenhamos -, agora podemos contar com outras 31 pessoas incríveis, numa troca constante de inspiração, conhecimento e afeto.

Aos nossos companheiros dos 32 distritos desse Brasilzão, só gostaríamos de dizer uma coisa: vocês terão os representantes distritais mais apaixonados que já conheceram!

O nosso time é forte e ele é feito para vocês e por vocês. Muito obrigado(a)!

 

Conteúdo Produzido por Gabriela Lamb | Redatora da Rotaract Brasil

Comentários no Facebook