Educação básica e alfabetização em Joinville

O nosso primeiro contato com as palavras geralmente surge quando ainda somos pequenos. Uns verdadeiros balbucios em uma própria língua inventada. Logo, a mão segurava, de modo desajeitado, o lápis que desenhava certos rabiscos formando seu nome. As consoantes e vogais se tornam o casamento perfeito quando ingressamos na escola. E quando damos por si, em qualquer letreiro, por onde passávamos, conseguíamos dizer o que estava escrito.

Todavia, infelizmente, nem todos seguem essa cronologia. No mundo, existem cerca de 70 milhões de crianças que não possuem acesso à educação básica e mais de 800 milhões de pessoas acima de 15 anos são analfabetas. No Brasil, de 2016 a 2017, a taxa de analfabetismo entre pessoas com 15 anos ou mais de idade foi estimada em 7%, uma queda de 0,2 ponto percentual em relação aos 7,2% registrados em 2016, o equivalente a menos de 300 mil pessoas. Apesar da queda, o país registrava em 2017, 11,5 milhões de analfabetos.

Esses dados fazem parte da pesquisa Educação 2017, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou em maio de 2018, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio Contínua (Pnad Contínua).

No mês de setembro, a família rotária instiga nos seus clubes para trabalharem nas suas comunidades a educação básica e alfabetização, indo ao encontro com o Dia Mundial da Alfabetização, celebrada no dia 8 de setembro.

O analfabetismo não está apenas presente nas crianças e adolescentes, ele também atinge outra parcela da população: os adultos e idosos. De acordo com a pesquisa do IBGE, a taxa de pessoas que não sabem ler e escrever persiste para as idades mais avançadas. Em 2017, entre as pessoas com 60 anos ou mais, a taxa foi de 19,3%, 1,1 ponto percentual menor do que em 2016 (20,4%).

E nessa busca incessante na redução de analfabetos no Brasil, que a Vitrine de Projetos viaja até o Distrito 4650, mais precisamente ao Rotaract Club de Joinville, para falar sobre o “Projeto de Alfabetização de Adultos Comunidade Jardim Edilene”, que em 2017 inspirou e transformou a realidade de algumas pessoas.

O Rotaract Club de Joinville observou que uma parcela da sociedade, devido às dificuldades financeiras, acabou deixando os estudos de lado. Com essa problemática levantada, surgiu a ideia de melhorar a formação de adultos que nunca tiveram a oportunidade de se alfabetizar, assim, surgiu o projeto Alfabetização de Adultos Comunidade Jardim Edilene.

De acordo com o clube, o projeto veio ao encontro com a quarta etapa da Batalha Distrital desenvolvida pela Comissão Distrital de Projetos do Distrito 4650, onde os clubes de Rotaract se desafiavam a escrever e executar ao menos em uma das etapas um projeto voltado a área de enfoque do Rotary.

Com o “pontapé” dado, o clube realizou uma pesquisa de público e buscou profissionais para ministrarem as aulas. Diante dos levantamentos, a comunidade Jardim Edilene, localizada na Zona Sul de Joinville foi a escolhida para receber o projeto.

O local que serviu de sala de aula, foi um ginásio construído pelo Rotary Club de Joinville. Durante o projeto, foram oferecidos gratuitamente materiais didáticos, alimentação e certificação de conclusão.

As aulas iniciaram em maio de 2017 e findaram em novembro do mesmo ano, com a formatura. Com uma periodicidade semanal, aproximadamente 20 alunos foram agraciados pelo ensino da leitura, escrita e interpretação de textos.

Em questão financeira, todo o projeto teve um investimento de R$ 3.627,50, sendo que os maiores valores ficaram concentrados na contratação de professores de Língua Portuguesa (R$ 1.200,00) e alimentação (R$ 1.000,00).

De acordo com os rotaractianos do clube, a maior recompensa do projeto foi “ver a alegria dos alunos a sábia maneira de conseguirem escrever seu nome com segurança e de lerem trechos de livros sem auxílio de terceiros”.

Ainda estamos engatinhando para baixar a taxa de alfabetismo no Brasil, porém são projetos como esse que inspiram e trazem uma diferença considerável na vida dos seus acolhidos. Com certeza, a cada rabisco em uma folha de papel destes estudantes, a cada palavra falada e entendida, a marca Rotaract estará presente nos seus pensamentos.

 

Quer conhecer mais sobre o projeto? Acesse: https://www.facebook.com/ RotaractClubJoinville/

O Projeto Alfabetização de Adultos Comunidade Jardim Edilene faz parte da Vitrine de Projetos da Rotaract Brasil.

Quer participar, saiba mais no link: http://goo.gl/asbH05

 

Conteúdo Produzido por Luan Berti | Redator da Rotaract Brasil

 

Comentários no Facebook