Projeto Multidistrital: um convite a um mundo melhor

“O ano rotário voa, são tantos projetos, ações, reuniões… Às vezes, parece que a gente não vai dar conta de tudo o que o nosso clube tem para fazer. E daí vem o nosso distrito e a Rotaract Brasil e nos manda fazer mais coisas ainda, mais projetos e ações… Assim fica difícil!”

Certamente essas frases traduzem o sentimento de muitos companheiros diante do Projeto Multidistrital. Por isso, viemos aqui acalmar vocês e dizer que a ideia é simplificar e não complicar!

Para isso, entrevistamos a companheira Gabriela Doninho, Diretora do Projeto Multi e vamos trazer o “bê-á-bá” de como seu clube deve proceder. Mas, em primeiro lugar, gostaríamos de esclarecer uma coisa: você e seu clube não “devem” fazer nada. Ou seja, ninguém é obrigado. Na verdade, o Projeto Multi é um CONVITE!

Diariamente, mostramos para as nossas comunidades a força do Rotaract através das nossas ações e projetos. O Projeto Multi nos convida a fazer isso de uma forma macro, a mostrarmos a potência do Rotaract à nível nacional, para o Brasil todo!

– E por que aceitar esse convite? Ao mostrarmos todo o impacto que o Rotaract tem, fortalecemos a nossa marca e nos tornamos uma organização mais conhecida e desejada, atraindo mais pessoas para nossa causa e potencializando nosso poder de atuação. Através do Projeto Multidistrital, construímos maior credibilidade para os nossos clubes e atraímos novos associados identificados com o nosso propósito. No final, o que queremos é construir um mundo melhor através do Rotaract e o Projeto Multi nos dá as ferramentas para isso!

Ao questionarmos a Gabi Doninho sobre o propósito do Projeto Multi, ela nos respondeu que ele vem para “[…] colocar em ação um projeto que faça todo o país caminhar no mesmo caminho, usando os mesmos recursos. É realmente o momento em que todos falamos a mesma língua e que nos sentimos representados em todo o Brasil”.

O Projeto Multi atua dessa forma: mostrando uma direção em que podemos seguir para que a gente alcance o nosso propósito de forma conjunta!

– E como isso é feito? A Gabi nos explica:

O Multi desse ano rotário veio com uma proposta diferente. Resolvemos não fazer um projeto tão focado na Semana Mundial de Rotaract, mas sim ampliar esse projeto para durante toda a gestão, com temas específicos divididos em trimestres.

Durante os meses de julho, agosto e setembro, trabalhamos a comissão de Serviços Internos – comissão essa que é fundamental para o bom andamento dos clubes, principalmente se trabalhada no início da gestão. A atividade proposta foi o Quiz de Internos, que diagnostica possíveis problemas do clube e sugere medidas a serem tomadas. O Quiz deve ser respondido pelos presidentes. Encaminhe o esse link para o seu presidente caso ele ainda não tenha respondido: http://bit.ly/2wkmuln

Nos meses de outubro, novembro e dezembro, trabalharemos a Fundação Rotária, aproveitando o dia oficial da instituição pelo calendário do Rotary. Dentro das ações do trimestre, procuramos desmistificar as atividades e os projetos da Fundação, além de criar projetos que possam ajudar os clubes a arrecadarem fundos. Temos ainda um projeto de Juventude em Combate a Pólio, feito em parceria com a Interact Brasil. O objetivo é trabalhar o Pólio Plus nas duas MDIOS, unidas por um mesmo ideal.

Para janeiro, fevereiro e março, entramos com a Semana Mundial de Rotaract. Trabalharemos a identidade visual do programa de maneira a fortalecê-la na comunidade, com ampla divulgação da nossa marca, assim como da nossa força. Teremos materiais específicos para a SMR e todo o trimestre, trabalhando o tema da gestão, e incentivaremos ações coletivas a acontecerem. Além disso, traremos dois outros materiais; o Manual da Primeira Reunião e o Dia do Convidado 2.0.

Por fim, encerramos a gestão com o tema Empreendedorismo Social, trabalhado nos meses de abril, maio e junho. Entendemos que, apesar de constantemente falarmos de projetos sociais, não exploramos a fundo possibilidades de parcerias lucrativas com empresas e, diante disso, queremos trabalhar o tema da melhor maneira.

Como vocês podem ver, tanto a ordem quanto à escolha de cada tema, foi pensada para que cada clube do Brasil, com qualquer que seja sua realidade, possa trabalhar.

– E como os clubes podem colocar o Projeto Multi em prática (#NosAjudeGabi)?

A cada início de trimestre, a Rotaract Brasil apresenta o devido tema com um Hangout ao vivo. Esse o link do vídeo deste trimestre: https://www.youtube.com/watch?v=YtB3cyT8nWI

Mostramos, então, as atividades a serem trabalhadas, apresentamos as ideias e criamos um material. Este material é disponibilizado aos Representantes Distritais, que o direcionam para seus clubes para que ele seja trabalhado da melhor maneira. Questione o seu RDR sobre esse material!

– E quais serão os resultados que iremos colher, Gabi?

Além de criarmos um trabalho coletivo, ajudaremos os clubes a se direcionarem dentro dos trabalhos da gestão. Sugerimos uma série de atividades, passando por quatro dos temas que consideramos de extrema importância dentro de uma escola de líderes como a nossa. O clube que trabalhará esses quatro temas – principalmente em um ano que isso é proposto a todo o Brasil – com certeza criará uma estrutura sólida de experiência em projetos, ações e conhecimento sobre Rotary. A nossa ideia é justamente essa: que todos trabalhem seguros, unidos e em constante apoio.

Ainda nas palavras da Gabi Doninho: “Viveremos uma experiência única, já que ela é nossa, e saberemos como nossos companheiros vivenciarão isso em suas realidades”.

União e força através da realização conjunta de projetos e ações! Essa é a ideia.

E aí companheiro, aceita esse convite?

 

Conteúdo Produzido por Gabriela Lamb | Redatora da Rotaract Brasil

Comentários no Facebook