Saúde em Primeiro Lugar

Assim como outubro é conhecido como “Outubro Rosa”, o mês de novembro é conhecido como “Novembro Azul”, mês em prol da luta contra o câncer de próstata. Este mês foi escolhido como oficial, porque dia 17/11 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, assim como azul simboliza o combate à doença.

O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, seguida pelo câncer de pulmão. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, apontam dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Este tipo de câncer ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A idade média no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos.

Sendo assim é recomendado que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos, caso exista risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família. Se não existem, é recomendado que o homem visite o urologista anualmente a partir dos 50 anos, realizando o exame de toque e de PSA, principais meios para detectar a doença precocemente.

Conheça os sintomas:

O câncer de próstata, na fase inicial, não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são:

  • dor óssea;
  • dores ao urinar;
  • vontade de urinar com frequência;
  • presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Fatores de risco:

  • histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
  • raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
  • obesidade.

Prevenção e tratamento:

Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos. Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal.

A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como estado de saúde atual, estadiamento da doença e expectativa de vida.

Faça sua parte:

É cada vez mais importante informar e conscientizar os homens sobre o Câncer de Próstata.

Precisamos alertar o público masculino sobre a importância do autocuidado em saúde.

Existem milhares de projetos e ações que trabalham na conscientização sobre este câncer.

Faça a sua parte e compartilhe a mensagem: Saúde sempre em primeiro lugar!

Conteúdo Produzido por Fernanda Kellen Oliveira | Redatora da Rotaract Brasil

Comentários no Facebook