Rotaract e a Fundação Rotária

Meu desejo é que cada vez mais rotaractianos doem a Fundação Rotária e incentivem seus clubes a realizar projetos de impacto, que poderão ser selecionados nos subsídios da Fundação” – Camila Helena.

Sim, a entrevista dessa semana é novamente sobre a Fundação Rotária, assunto que foi recorrente neste primeiro semestre por aqui, mas que só o foi pela importância que possui.

Por vezes ouvimos falar sobre a Fundação em reuniões de Rotary Clubs, visitas de governador, posses de Rotary, entre outros eventos, e sabemos que foi por meio dela que a campanha do End Polio Now deu tão certo.

Mas, em muitos casos, só sabemos isso, o conhecimento sobre a importância e o trabalho completo que realiza a Fundação não chega a todos, e aos Rotaractianos principalmente.

Por isso, a Rotaract Brasil conversou com a companheira Camila Helena Gonçalves, do Rotaract Club de Grande Osasco, Distrito 4610. Ela é assessora da equipe do Projeto Multidistrital da Rotaract Brasil, que tem como tema neste segundo trimestre a Fundação Rotária.

Confira:

 

– O Projeto Multi neste trimestre tem como foco a Fundação Rotária. Por que esta escolha?

A Fundação Rotária é um grandioso braço de trabalho do Rotary e, por vezes, na correria do nosso dia a dia rotariano/rotaractiano acabamos esquecendo o quanto podemos intensificar nossos trabalhos atuando em conjunto com ela. Mas por vezes entendemos que a Fundação está longe de nós, com esse intuito que resolvemos trazer essa temática para o Multi.

– Por ser muito ligada ao Rotary, os clubes de Rotaract esquecem a importância também de realizarem doações. Para você, como podemos incentivar essas doações?

A gente só ama e coopera com aquilo que conhece. Entender o propósito do que é realizado na Fundação Rotária com as doações é fundamental para que os rotaractianos cooperem cada vez mais através das doações. Justamente por isso que o projeto multi desse ano está dedicando um trimestre a ela, para que cada vez a conheçamos mais e melhor. 

– Para você qual a relação que os clubes de Rotaract devem ter com a Fundação Rotária?

A aproximação do Rotaract com a Fundação Rotária deve ser cada vez mais intensa e de maior qualidade, meu desejo é que cada vez mais rotaractianos doem a fundação rotária e incentivem seus clubes a realizar projetos de impactos que poderão ser selecionados nos subsídios da Fundação.

Cada clube e cada associado conhece sua realidade e sabe quanto e quando pode realizar doações a fundação. Creio que não existe um tempo médio específico para as realizar, o importante mesmo é o engajamento dos rotaractianos mostrando a desejo de ajudar, toda doação é bem-vinda.

– As doações feitas para a Fundação podem ser realizadas em qualquer valor? Qualquer clube pode doar? As doações podem ser feitas individualmente?

Qualquer valor pode ser doado e toda ajuda é muito bem-vinda. Qualquer pessoa pode doar, seja membro da família rotária ou não. Além disso, podemos também doar de formas indiretas, por meio do seguro solidário, por exemplo, que destina 5% do prêmio líquido dos seguros para a Fundação (mais informações: https://www.abtrf.org.br/images/Downloads/ABTRF-SEGURO-SOLIDARIO.pdf) e a empresa solidária que estimula as empresas a doarem mil dólares no período de um ano (mais informações: https://www.abtrf.org.br/programas/programa-empresa-cidada)

– Além da brilhante campanha contra a Pólio, a Fundação tem outros focos que ainda não são tão conhecidos, como os projetos Hídricos na África ou Educacionais no Oriente Médio. Outra forma também de receber incentivo da Fundação é por meio dos Subsídios; Como funcionam esses Subsídios para Rotaract?

A fundação preza por projetos de alto impacto e que sejam sustentáveis, dentro das suas áreas de enfoque: Promoção da Paz, Água Limpa e Saneamento, Saúde e Mães e Filhos, Apoio à Educação, Desenvolvimento Econômico e Combate a Doenças.

Infelizmente os Rotaracts ainda não podem pleitear os subsídios diretamente pelos seus clubes, sendo necessário o intermédio dos Rotarys parceiros. Como o enfoque e autonomia que o RI vem dando aos programas de juventude é provável que nos próximos anos já possamos pleitear os subsídios diretamente pelos nossos clubes.

– Quais são os benefícios que os clubes de Rotaract recebem ao realizar doações para a Fundação?

Nosso maior benefício enquanto rotaractianos doando a Fundação é saber que estamos colocando na prática nosso lema “dar de si antes de pensar em si” e com isso colaborando para tantos feitos que ela proporciona.

Os rotaractianos também podem se beneficiar com as bolsas “Rotary pela Paz”, que disponibiliza especializações para profissionais nas áreas de enfoque do RI nos Centros Rotary pela Paz.

Para concorrer a estas bolsas os rotaractianos deveram prestar processo seletivo pelos seus distritos, cumprindo alguns itens de elegibilidade. (mais informações: https://my.rotary.org/pt/peace-fellowship-application)

– Por fim, para você, porque devemos doar para a Fundação? 

A fundação rotária é considerada uma das fundações mais idôneas do mundo, tendo como parceiro a fundação Bill e Melinda Gattes.

Durante os últimos 100 anos, foi investido mais de US$3 bilhões em iniciativas sustentáveis e de grande impacto através da fundação.

A doação de cada rotaractiano é fundamental, independentemente do valor, para que consigamos cada vez impactar mais pessoas e comunidades e com isso transformar o mundo melhor através do Rotaract, do Rotary e da Fundação Rotária.

Conteúdo Produzido por Thiago Tertuliano | Gestor de Conteúdo da Rotaract Brasil

Comentários no Facebook